Saiba o que avaliar na hora de comprar uma motocicleta

Atualizado: Fev 11


Já decidiu qual modelo vai comprar? Agora, a antes de desembolsar o dinheiro, você precisa avaliar bem a motocicleta que pretende adquirir, lembre-se, nesse momento é preciso ser sagaz e ter sempre um pé atrás justamente para não ser tapeado.

Antes de comprar a motocicleta é preciso tomar algumas precauções! Não seja desesperado, encare o processo com calma, afinal de contas, é um alto investimento que você vai fazer. As palavras-chave nesse momento são: cautela, atenção e desconfiança. É melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?

Preste sempre muita atenção no que a moto te fala, estado físico e barulhos, rodagem e afins, tenha cautela se for comprar de uma pessoa ou loja pouco conhecidas e confiáveis. Por fim, desconfie sempre e tome as medidas cautelares para não se dar mal em um momento tão feliz como esse.


Avalie onde está comprando


Use a internet a seu favor, veja as avaliações da loja no Google e em sites especializados de reclamação, como o Reclame Aqui, por exemplo. Você já vai saber onde está pisando, alguém pode te dar dicas muito específicas que, só com a experiência de já ter comprado na loja se adquire ou, a loja pode ser altamente desaconselhada.

Quando for comprar sua motocicleta opte por ir até a loja ou por vídeo chamadas fazendo tudo ao vivo. Pode até ver o modelo, cor e afins pela internet, mas para fechar o negócio é preciso ver a máquina, sentir-se bem nela e, acima de tudo, rodar com a motocicleta.

Lembre-se, o vendedor vai querer te vender de qualquer jeito, por isso, não se deixe levar e leve o seu conhecimento e senso crítico sempre com você. Vá em um lugar de confiança, bem avaliado.

Avalie as condições estéticas


Ao comprar motocicleta, preste atenção na aparência dela! O pneu, a manopla e outros itens podem evidenciar para você que a moto não está em bom estado ou que teve peças trocadas para aparentar ser mais nova do que é.

Outros itens que falam muito são:

  • Plástico e pintura;

  • Pedais - geralmente saem machucados em acidentes;

  • Punho elétrico - motos que ficam expostas ao sol e sereno denunciam logo de cara um desgaste maior;

  • Coroa e corrente - dentição da coroa muito fina é sinal de problema;

  • Freio e suspensão - um freio com riscos acintosos mostra que o dono não era muito cuidadoso.



Preste atenção ao som do motor


Nada melhor do que ouvir um belo ronco de motor não é? Ao comprar uma motocicleta, certifique-se de ouvir o que o motor da máquina tenta te falar. Os barulhos são muito importantes na hora de diagnosticar o que está acontecendo com a peça, além disso, uma eventual dificuldade da moto pegar de primeira pode ser o sinal para você ligar o alerta.

Não se assuste se ao ligar a moto venha um som mais acentuado, isso é normal desde que não seja exagerado, porque a moto está fria e o óleo lubrificante não atingiu a circulação ideal. Em caso de permanência de ruídos estranhos, algo deve estar errado no funcionamento do motor da moto, podendo ser:

  • Sistema de transmissão - estala ou pode fazer som de chocalho no motor;

  • Embreagem - um barulho na hora de trocar a marcha pode ocorrer por conta de alguma folga no sistema;

  • Cabeçote - geralmente é por falta de lubrificação.

Viu, não é tão difícil né? É só prestar um pouco de atenção nos detalhes…


Faça um test ride


É no test ride que você sente a moto e, as vezes, não é nem questão de achar um problema, mas sim de sentir-se bem na moto e ver a mecânica dela como um todo. Existem motos muito boas, mas que apresentam problemas de equilíbrio endêmico ou um motor pouco potente, falta de conforto ou qualquer outra coisa do tipo. Tudo isso você resolve com um test ride.

Comprar uma motocicleta é mais prazeroso ainda quando você acerta em cheio, por isso, seja cuidadoso e faça um test ride para identificar problemas de mecânica e ciclística ou ver se você realmente se adapta aquele modelo tão desejado, às vezes existe uma opção melhor, que não foi levada em conta por causa do design ou outra característica.

Faça uma vistoria cautelar


Essa talvez seja a dica de ouro. A vistoria cautelar vai revirar a motocicleta de cima a baixo para achar um problema e depois vai repassar o relatório a você. Detalhe, perto do que você está investindo, o preço da vistoria cautelar não é nada e gira em torno de 100 a 300 reais.

Antes de comprar a motocicleta, certifique-se de fazer a vistoria, ela aponta além de problemas mecânicos, problemas na documentação, que invariavelmente são mais difíceis de uma pessoa que não é especializada achar.

Veja o texto “Quilometragem voltada, saiba como encontrar irregularidades na sua motocicleta”, postado aqui na Sapico e saiba mais sobre a importância da vistoria cautelar! Não seja passado para trás, faça uma vistoria cautelar antes de comprar sua motocicleta.

40 visualizações

Endereço:

Loja 1: Av. Gisele Constantino, 1598 - Pq. Bela Vista - Votorantim - CEP 18110-650

Loja 2: Av. Cláudio Pinto Nascimento, 1368 - Parque Morumbi, Votorantim - CEP 18048-000

Atendimento:

E-mail: vendasweb@sapicomotos.com.br

Telefone: (15) 3243-2324

Whatsapp: (15) 99695-2324