Motoclube: dicas para viajar em grupo

Atualizado: Fev 11

Viajar é sensacional e traz uma satisfação única. Viajar de moto deixa tudo mais agradável, agora já pensou em sair com todos os amigos do seu motoclube para fazer uma trip? Nada pode ser melhor do que conhecer um lugar novo com amigos, em cima de uma moto e sentindo a velocidade.

Calma que não é simplesmente combinar com todo mundo e ir, é preciso um planejamento para a viagem dar certo e ninguém do motogrupo encarar problemas desnecessários durante a viagem.

Obviamente o primeiro passo é definir quem vai, quando e para onde. Feito isso, começam as fases de estudos do percurso:

  • Tem pedágio?

  • Quais serão os pontos de parada?

  • Onde todos vão abastecer?

  • A estrada é boa?

Dicas para viajar de moto

São perguntas importantíssimas ao preparar uma viagem de moto em grupo, não deixe de descobrir todos esses pontos.

A ordem importa!


Para evitar o estresse durante a viagem, é recomendável que a moto com menor cilindrada dite o ritmo da viagem, afinal de contas, não é obrigatório ter uma moto grande para viajar. Não entendeu o motivo? É simples, se a moto menor ficar por último, provavelmente o piloto vai ter que acelerar o passo para acompanhar o ritmo. Chato né?

Todo mundo do motogrupo se importa com todo mundo, portanto, é melhor para todos deixar a menor moto ir na frente.

Outra dica da Sapico que facilita muito é manter o motoclube na mesma faixa e mis ou menos enfileirado, mas com uma distância segura de uma moto para a outra. Além de sempre facilitar a ultrapassagem dos outros motoristas. Revezar posições também vai ajudar muito proporcionando que todos possam aproveitar bem a paisagem.

Planeje a viagem


Detalhes podem fazer toda a diferença no decorrer da viagem. Defina uma pessoa para pagar os pedágios de todos os integrantes, isso vai facilitar muito a vida e economizar um belo tempo, além de evitar a situação desconfortável de ficar esperando os outros integrantes do motogrupo.

Sempre é bom calcular o número de pedágios no caminho e já fazer o rateio de quanto será gasto por moto. Uma pessoa sendo responsável por isso e tendo o dinheiro trocado já adianta todo o processo e libera todo o motoclube para seguir viagem.

Outro passo que vai com certeza adiantar e facilitar bastante a dinâmica da viagem é todo mundo já se encontrar com as motos com o tanque cheio! Ficar esperando apenas um membro do motogrupo para abastecer acaba com o clima da viagem, portanto, certifique-se desses pontos pequenos, mas que fazem toda a diferença durante o percurso


Trajeto compartilhado


Parece óbvio, mas todos os integrantes do motogrupo precisam saber o itinerário detalhadamente. Não basta um só saber os pontos de parada e quais estradas serão utilizadas. Viajar de moto requer certa dose de estratégia, por isso, faça com que todos os integrantes do motoclube saibam detalhadamente o percurso.

Utilizar aplicativos de transito como o Waze pode ser uma boa sugestão para ter essas respostas.

Viajar no escuro não é lá uma coisa muito agradável, por isso essa dica é muito valiosa. Outro ponto que pode ajudar muito, é definir em grupo todos os pontos de parada, qual será a rota e outros detalhes como:

  • Horário;

  • Ponto de encontro;

  • Quem ficará encarregado do dinheiro do pedágio;

Sinais podem ajudar


Para você que vai viajar de moto pela primeira vez, não se desespere com o tanto de informação que você está recebendo, tudo é mais ou menos intuitivo e os motociclistas mais experientes vão te ajudar.

Alguns sinais facilitam a comunicação durante o percurso, veja só:

  • Caso aviste algum perigo na pista (animal passando, acidente etc.), levante o braço esquerdo com a mão, os outros motociclistas vão diminuir a velocidade;

  • Apontar para o chão com a mão esquerda, é sinal de algum obstáculo, como um buraco, nessa faixa. Para o lado direito, a sinalização deve ser feita com o pé, para não retirar a mão do acelerador;

  • Ter a mão acima da cabeça, apontando o dedo indicador para cima, significa que o líder está indicando a formação de fila indiana, necessária para algumas situações de estreitamento da pista ou para passar por um pedágio, por exemplo.


Recomendações extras


Quando você for rodar em um grupo é melhor reduzir o ritmo da viagem, isso vai diminuir a possibilidade de eventuais acidentes. Outro ponto que vai ajudar muito é se o motogrupo for homogêneo, ou seja, com motos de cilindradas parecidas, caso contrário, os motociclistas com motos maiores vão precisar de muita paciência para acompanhar as motos menores.

Sair para viajar de manhã ajuda muito porque dá a chance do grupo encerrar a viagem do dia por volta das 17h. Além disso, o mais indicado é rodar por volta de 200km, fazendo assim, evita-se o cansaço em excesso e a necessidade de abastecer durante o percurso. Outra dica boba, mas que faz toda a diferença é abastecer a moto na parada, dormir bem para repousar e visitar o toalete.

Agora que você já tem todas as diretrizes para ir viajar, calibre os pneus, combine tudo com o seu motogrupo, abasteça a moto e boa viagem!


Leia também: Como saber o momento certo de trocar os pneus da motocicleta


23 visualizações

Endereço:

Loja 1: Av. Gisele Constantino, 1598 - Pq. Bela Vista - Votorantim - CEP 18110-650

Loja 2: Av. Cláudio Pinto Nascimento, 1368 - Parque Morumbi, Votorantim - CEP 18048-000

Atendimento:

E-mail: vendasweb@sapicomotos.com.br

Telefone: (15) 3243-2324

Whatsapp: (15) 99695-2324