Conheça 4 falhas comuns em motocicletas

Atualizado: Fev 11

Não tem coisa mais frustrante do que ver o seu sonho realizado causando problema né? Nós da Sapico ajudamos você a realizar o sonho de comprar a motocicleta ideal para o seu perfil e ainda damos dicas de como continuar para sempre na lua de mel com sua moto!

A medida que as motocicletas usadas vão rodando, elas precisam de mais cuidados e você precisa ficar atento para reparar a moto o quanto antes! Lembre-se, quanto mais tempo demorar, pior a situação pode ficar...


Pastilhas de freios gastas


A sua segurança vem em primeiro lugar! Você já pensou em tentar frear e não conseguir? Uma verdadeira agonia e a verdadeira culpada pode ser a falta de manutenção na sua motocicleta.

Você já sabe que a pastilha de freio é um elemento vital para sua segurança, mas você se lembra a última vez que a pastilha da sua motocicleta foi trocada? A pastilha de freio é muito acionada e tem um desgaste muito grande por lidar sempre com o atrito, logo, fique de olho no desgaste da sua pastilha.

É recomendável que você dê uma olhada no manual da moto antes de trocar, a montadora sempre recomenda uma pastilha em específico. Além disso, toda a pastilha de freio vem com um indicador de desgaste, caso a pastilha da sua motocicleta esteja rente ao marcador, abra o olho, é melhor você trocar de pastilha de freio.

Uma dica importante para evitar o desgaste da pastilha, é atentar-se a posição do seu pé direito na pedaleira, mantenha sempre a ponta do pé sobre a pedaleira, ao invés de apoiar o calcanhar, acionando involuntariamente o pedal do freio traseiro.



Relação de transmissão desajustada

O motor e o câmbio precisam estar em sintonia. Essa é uma das principais engrenagens para a sua motocicleta usada rasgar o asfalto, afinal de contas, o sistema de transmissão é o grande responsável por levar a potência do motor para a roda da sua motocicleta.

Existem três tipos de sistema de transmissão: corrente, correia e cardã. Não existe um perfeito, cada um tem seus prós e os contras.


O mais comum de ser encontrado é o sistema de corrente, equipa a grande maioria das motocicletas esportivas, nakeds entre outras categorias, em razão de sua fácil manutenção e credibilidade


Em motos custom, como nos modelos da fabricante Harley Davidson, geralmente encontramos transmissão de correia dentada.


Big trails de alta cilindrada, como os modelos fabricados pela BMW, Yamaha e Triumph, usam o sistema cardã na maioria dos casos.


Para efeito de comparação, é aconselhável que se troque a corrente da sua motocicleta entre 25 e 35 mil KM rodados, já sistema de correia e o cardã normalmente aguentam até por volta dos 100 mil KM (cardã um pouco mais até).


Falha no câmbio


Geralmente o câmbio aguenta bem o tempo e tem vida longa, mas não existe nada que dure para sempre nessa vida, por isso, é preciso que você dê uma manutenção regular no sistema de embreagem da sua motocicleta.

O primeiro sinal de que alguma coisa está quebrada ou desgastada no câmbio é o endurecimento do acionamento do manete, ou seja, quando fica difícil de apertar a embreagem. É um claro sinal de desgaste e de que você já deve ligar o sinal de alerta. Vale pontuar que o endurecimento acontece tanto nas embreagens acionadas por cabo quanto nas hidráulicas. Veja outros sintomas de que está na hora de trocar o sistema de câmbio:


  • Dificuldade para arrancar - solavanco na hora de sair da inércia;

  • Trepidação durante a arrancada;

  • Dificuldade para engatar marchas - começa com apenas uma engasgada e vai aumentando gradativamente com o desgaste.


A medida que a motocicleta é usada o proprietário precisa saber que manutenções preventivas são necessárias. No caso da embreagem desgastada, é recomendável que uma atitude seja tomada logo nos primeiros sinais de problema, já que o câmbio pode prejudicar outras funções mecânicas da moto e, inclusive, fazer com que você caia na pista.

Maus hábitos como acelerar segurando a embreagem ajudam a deteriorar o sistema, já que a embreagem serve para fazer engates e desengates rápidos. Para quem tem moto com embreagem hidráulica, é necessário ver sempre o nível do óleo e trocá-lo quando se fizer necessário.


Falhas comuns no motor


Acredite se quiser, reclamações de motor falhando ou com pouca potência são mais comuns do que você pensa. O sistema que envolve o motor é muito complexo, por isso, o mecânico pode errar no diagnóstico de problema da sua motocicleta.

Possíveis problemas que influenciam no rendimento do seu motor:


  • Má vedação ou junta do cabeçote ruim/frouxa - pode resultar em queima de óleo e consequente fumaça preta. Garante a vedação e evita a mistura de óleo com fluídos.

  • Anéis de vedação rompidos ou desgastados - gera perda de potência. Prejudica o funcionamento do pistão por não manter os gases presos.

  • Bomba de combustível com pressão baixa - combustível não chega no eletroinjetor. Moto fica sem força por falta de pressão para alimentar o sistema de combustão.

  • Bico injetor com defeito ou sujo - não libera o combustível necessário para o funcionamento ideal da moto. Motocicleta tem um problema na queima do combustível.

  • Embreagem desregulada - moto fica sem força. Prejudica o desempenho do motor , provavelmente por estar parcialmente acionada.

  • Sujeira no filtro de ar - pode alterar significativamente a quantidade da mistura de ar com combustível. O ar não chega na quantidade ideal à câmara de combustão.

Obviamente que motocicletas usadas têm uma tendência maior de apresentarem esses problemas por conta do desgaste natural ou até mesmo pela falta de prevenção, por isso, é aconselhável ficar de olho nos sinais que a sua motocicleta apresenta durante o uso dela.

Agora que você já sabe sobre pontos importantes a respeito da manutenção da sua motocicleta, uma dica: quando for comprar, leve seu mecânico de confiança com você e, crie o costume de fazer manutenção na sua motocicleta, assim, em uma futura venda, é mais provável que você consiga um valor maior por ela.

0 visualização

Endereço:

Loja 1: Av. Gisele Constantino, 1598 - Pq. Bela Vista - Votorantim - CEP 18110-650

Loja 2: Av. Cláudio Pinto Nascimento, 1368 - Parque Morumbi, Votorantim - CEP 18048-000

Atendimento:

E-mail: vendasweb@sapicomotos.com.br

Telefone: (15) 3243-2324

Whatsapp: (15) 99695-2324