4 componentes que você nunca deve deixar de fazer a manutenção

Atualizado: Fev 11




Só você sabe a batalha que foi para conseguir comprar a sua motocicleta, tendo isso em mente, é preciso cuidar desse bem precioso para não se arrepender no final da história.

Muito se engana quem pensa que fazer manutenção em moto é uma coisa cara! É possível fazer de pouquinho em pouquinho, desde que você tenha organização e entenda o que a sua moto está precisando, ou melhor, vai precisar. Lembre-se, prevenir é sempre melhor do que remediar.

Perto do investimento que você fez para comprar a motocicleta, o que será despendido para a manutenção não é nada e ainda pode te ajudar em diversas coisas como:

  • Evitar acidentes;

  • Reduzir consumo;

  • Aumentar o valor em uma revenda.

Portanto, preste sempre atenção em quando realizar a manutenção da moto. Se está fazendo um barulho estranho ou algo está acontecendo e não deveria, antecipe-se e vá em um mecânico, afinal, é melhor do que ficar rendido na rua depois, não é?


Luzes


O ponto principal das luzes é: ser visto. Nem falo de exibicionismo, mas sim de segurança! Uma moto, por maior que seja, muitas vezes pode passar despercebido ou estar no ponto cego do outro condutor e, por isso as luzes se fazem importantíssimas.

As luzes ajudam e muito na segurança do motociclista, uma vez que facilitam a identificação do próprio no trânsito.

Quando for realizar a manutenção da moto, nesse caso, você pode pensar em trocar você mesmo, normalmente não é algo super complicado e nem exige ferramentas de alta precisão, que são super específicas e caras.

Não é um item muito complicado de perceber que precisa de manutenção e pode te ajudar muito a continuar de pé e com sua moto intacta!


Quando trocar os pneus da motocicleta




Os pneus são elementos vitais da motocicleta. Com o tempo, existe um desgaste natural e, consequentemente, a diminuição do atrito do pneu com o solo que significa que você tem mais chance de cair basicamente.

Fazer a manutenção dos pneus começa mantendo a calibragem correta. 1 vez por semana é aconselhável encher os pneus. Lembre-se, isso melhora o consumo da sua motocicleta também!

Outros pontos que vão fazer a diferença quando você for realizar a manutenção da moto são:

  • Estado das válvulas - podem descalibrar o pneu;

  • Roda - pode entortar por conta das vias de má qualidade;

  • Pneu furado - gera a perda da dirigibilidade.

Leia nosso artigo completo sobre dicas para identificar os desgastes nos pneus da sua moto

Freios




Obviamente esse é um dos ingredientes mais importantes de toda a receita para ficar seguro na sua motocicleta. Quando realizar a manutenção da moto, tenha sempre na mira o freio, afinal de contas, ele desempenha um papel vital.

O desgaste no sistema como um todo é natural, mas é preciso fazer uma manutenção rotineira para não ser pego desprevenido no momento de maior necessidade!

Atualmente, existem dois tipos de sistema de freio: tambor ou a disco. O mais popular é o tambor, mas geralmente está presente em motos de menor cilindrada.

Veja algumas dicas de prevenção:

  • Veja a folga do manete e pedal de freio e ajuste de acordo com o manual;

  • Verifique o cabo - fique atento na lubrificação ou hora de trocar;

  • Ouça a sua pastilha - pastilhas gastas emitem ruídos agudos;

  • Olho no fluído - sempre fique atento para manter o sistema lubrificado;

  • Tire o pé do pedal - manter o pé constantemente no pedal desgasta em excesso e de maneira prematura a pastilha, portanto ande com as pontas dos pés apoiadas na pedaleira.

Suspensão


A suspensão é diretamente ligada à ciclística e a condução e segurança da motocicleta, mas muitas vezes é colocada de lado. Quando realizar a manutenção da moto, não se esqueça da suspensão!

Algumas dicas para você preservar ao máximo a suspensão da sua motocicleta são:

  • Não abuse do peso carregado;

  • Evite vias ruins;

  • Consulte o manual antes de carregar algo mais pesado e calibre os pneus;

  • Ajuste a pré-carga da mola traseira (se sua moto tiver);

  • Mantenha os componentes da suspensão limpos.

Lembre-se: motos superesportivas tem alergia a pisos ruins e com buracos, por isso, sempre dê preferência à estrada e pistas de corrida.


Geralmente, a troca de fluido hidráulico da suspensão dianteira dura cerca de um ano, ou mais ou menos entre 10 mil e 15 mil quilômetros. É difícil de lembrar, mas caso passe muito do tempo, a suspensão começa a amolecer, esse é o sinal mais claro de que é preciso fazer manutenção.

Não deixe sua moto na mão! Faça sempre uma manutenção preventiva nela, você não vai se arrepender.

127 visualizações

Endereço:

Loja 1: Av. Gisele Constantino, 1598 - Pq. Bela Vista - Votorantim - CEP 18110-650

Loja 2: Av. Cláudio Pinto Nascimento, 1368 - Parque Morumbi, Votorantim - CEP 18048-000

Atendimento:

E-mail: vendasweb@sapicomotos.com.br

Telefone: (15) 3243-2324

Whatsapp: (15) 99695-2324